Jurídicamente caso Ayotzinapa no está cerrado: Mancera